Destaque Notícias Tecnologia

Identificação de plantas daninhas via celular

 

Digital Farming é a nova revolução da agricultura moderna, uma tendência que promete mudar a forma de gerenciar as fazendas por meio de diversas tecnologias que possibilitam a tomada de decisão mais assertivas. E nesse cenário a Bayer busca sempre inovar para oferecer as melhores soluções aos produtores, por isso lança o aplicativo WeedScout, que reconhece plantas daninhas por meio de imagens tiradas com o celular. Com este app os produtores têm a possibilidade de identificar as plantas daninhas ainda nos estágios iniciais, quando o controle é mais fácil.

Nas últimas décadas, o desenvolvimento de plantas resistentes e de difícil controle tem tirado o sono dos agricultores. E com o WeedScout, ele poderá contar com um auxílio no combate à resistência uma vez que, ao reconhecer a matocompetição, mune o produtor de informações necessárias para que ele use o defensivo agrícola mais adequado. Com mais de 30 mil imagens registradas, o aplicativo conta um sistema de atualização colaborativa, ou seja, utiliza as fotos tiradas pelos usuários para aprimorar os seus algoritmos.

“A planta daninha é uma ameaça que pode prejudicar qualquer lavoura. Por isso, é imprescindível que a base de dados do aplicativo seja ampla, quanto mais imagens mais plantas serão identificadas e com maior precisão. É isso que aumentará a assertividade de identificação das espécies que já estão no WeedScout e a capacidade de reconhecer novas espécies. E queremos que isso seja feito de forma colaborativa”, comenta André Felli, gerente de Desenvolvimento de Negócios de Digital Farming da Bayer.

Fruto de um projeto global, este aplicativo – disponível para Android e iOS -, possui algorítimos de reconhecimento para as pincipais espécies de plantas daninhas. “Para formar este banco de dados, foram tiradas mais de 30 mil fotos em todo o mundo”, conta Felli. O WeedScout funciona sob o conceito de MVP, sigla em inglês para Minimum Viable Product, ou seja, mesmo depois de disponibilizado, o app continua a ser aprimorado de acordo com a experiência dos ususários. “Temos um time de pesquisadores especializados no tema que fazem a validação e aprimoramento dos algoritmos baseados no banco de dados conforme novas imagens são geradas”, completa o executivo.

Apps em destaque no campo

Com este aplicativo, assim como todas as iniciativas de Digital Farming, a Bayer dá mais um passo no desenvolvimento da agricultura digital. Além de defensivos e sementes, a empresa está desenvolvendo novos serviços e soluções para aperfeiçoar o trabalho no campo que ainda possui muitas oportunidades para avançar com o uso de tecnologias adaptadas para o segmento. “Em uma pesquisa feita com produtores de todo o Brasil, apontou-se que entre as três principais preocupações no campo, uma delas é manejo de plantas, pragas e doenças, outra é a previsão de clima e por último a preocupação com os custos. E queremos estar ao lado deles para apoiá-los com soluções que irão atender exatamente estes pontos ”, explica André Salvador, diretor de Digital Farming no Brasil.

Para aumentar a produtividade agrícola e combater as resistência de plantas daninhas, além do WeedScout, a Bayer encabeça o projeto Diversidade é o Futuro
(www.diversidadeeofuturo.bayer.com.br), uma ação global para aumentar a produtividade agrícola e a geração de alimentos seguros a longo prazo, oferecendo soluções personalizadas para o controle de plantas daninhas com a promoção das melhores práticas de manejo de plantas daninhas.

A gama de produtos digitais da Bayer ainda vai além. Com o app Bayer Agro o produtor tem todo o portfólio da empresa na palma da mão, ele tem acesso offline à lista de produtos, bulas e um guia de doenças identificadas por imagens. O Alion, herbicida lançado em 2016, também possui o seu próprio app no qual é possível encontrar o passo a passo pra a tilização do defensivo, desde o plantio até como ter o melhor manejo da cultura em formato de realidade aumentada. Para auxiliar os produtores com as questões climáticas a empresa também oferece o serviço do Alertas Bayer (www.alertas.bayer.com.br), que informa o produtor sobre as ocorrências de chuvas na sua região e a probabilidade de incidência de doenças e pragas na lavoura.

Essas e outras iniciativas de Digital Farming para o desenvolvimento da agricultura de precisão com o uso de aplicativos para tablets e smartphones, estações meteorológicas, armadilhas de insetos, drones para captura de imagens, telemetria, modelagem de previsão climática e sensores remotos mostram os esforços da empresa neste emergente campo.

Talvez você goste

Leia Mais