Agronegócio

Azoslow, o fertilizante organomineral da ILSA Brasil que traz maior rendimento por hectare

Entre os principais produtos da nova fábrica da ILSA Brasil está o Azoslow, um fertilizante organomineral peletizado oriundo de tecnologia italiana que se destaca por conter em sua formulação uma fração de nitrogênio de libertação lenta, oriundo do Azogel®, em associação com nitrogênio proveniente de ureia. A utilização do Azoslow permite uma redução no número de aplicações de nitrogênio administradas nos cultivos, levando a uma maior economia e racionalização de máquinas, equipamentos e mão de obra, como já foi comprovado por pesquisas científicas no Brasil. Produtores do RS, SC e SP estão comprovando estes resultados na prática.

O Azoslow apresenta 29% de nitrogênio total em sua composição, além do alto teor de carbono orgânico. Outro grande benefício para as lavouras é o efeito estimulante ao desenvolvimento das raízes, o que permite que as plantas explorem uma maior área de solo em busca de água e nutrientes, elevando assim a produtividade.

“O produto libera uma parte do seu nitrogênio de forma lenta, mediada pelos microrganismos do solo, o que garante maior disponibilidade deste nutriente e por mais tempo. O alto conteúdo de carbono orgânico também contribui para aumentar a atividade microbiana na área de solo próxima ao fertilizante, explica Thiago Stella de Freitas, Diretor de Marketing da ILSA Brasil.

Resultados comprovados na cultura de tomate e uva

O Caderno de Resultados de Campo – Safra 2018/2019, da ILSA Brasil, destaca dados da utilização do Azoslow nas culturas de tomate e uva. O produtor Renato Francisco Matias, de Nova Petrópolis (RS), utilizou o produtos da ILSA numa área de um hectare (10.500 plantas) de tomate, associado a outros fertilizantes ILSA. “Estou satisfeito com os produtos. A coloração do pé é bem mais verde e a planta mais viçosa, diferente dos outros anos. A carga está absurda, carregou bem, uma penca em cima da outra, vou produzir 8,6 kg/planta, bem mais que no ano passado, quando produzi 5kg/planta”, relatou.

Já Rogério José Moro, de Monte Belo do Sul (RS) utilizou o produto na formação das mudas de uva e conta o que verificou: “Deu resultado, as plantas estão mais verdes. A ponteira está engrossando, está desenvolvendo bem. As plantas com adubação da ILSA, estão quase o dobro que a do concorrente”, exaltou.

Linha de baixo impacto ambiental
A ILSA Brasil tem uma linha completa de fertilizantes organominerais caracterizados pela presença de nitrogênio de origem proteica com lenta liberação no solo. As diferentes formulações suprem as exigências nutricionais de todos os cultivos, tanto em sistemas de produção convencional quanto nos de baixo impacto ambiental. Os produtos da ILSA resultam de pesquisas próprias e em parcerias com universidades em todo o mundo. São obtidos através da combinação de diferentes componentes minerais com a matriz orgânica Azogel®, derivada do processo industrial FCH®, que é exclusivo da ILSA.

Sobre a ILSA Brasil 

A ILSA Brasil é uma empresa multinacional do ramo de biotecnologia para nutrição vegetal com dez anos de atuação no país.  Recentemente, iniciou operação de sua segunda planta industrial no país, na cidade de Portão, no Rio Grande do Sul. A organização atua em 49 países e com a nova planta, traz produtos de alta eficiência agronômica para o mercado nacional, consolidando sua vocação na área da inovação.

A tecnologia aplicada no Brasil é a mesma utilizada na Itália, onde está a matriz da companhia. A matéria-prima orgânica utilizada é o colágeno proveniente de peles e couros que são transformadas em fertilizantes únicos e de alta eficiência através de tecnologias próprias e inovadoras. O processo industrial é embasado na ciência, alinhando-se aos princípios que levaram a empresa ao reconhecimento pela qualidade de seus produtos da indústria ao campo. A primeira planta da ILSA Brasil foi projetada para utilizar 100% do material não aproveitado pela indústria coureiro-calçadista da região sul do país.

You may also like

Leia Mais