Destaque Eventos Paraná

Presidente da SRP esclarece pontos que levaram a entidade a transferir a Expolondrina para 2021

Em nota oficial publicada no site da entidade na manhã da última quinta-feira, 09 de abril, a diretoria da Sociedade Rural do Paraná (SRP) divulgou a transferência da 60ª edição da Expolondrina para o mês de abril de 2021. “Fizemos vários estudos e conversamos com os parceiros e expositores. Nosso entendimento é que o cenário atual é de total incerteza. Não saber o que vai acontecer amanhã traz muita ansiedade e como a montagem do evento é muito complexa, entendemos que é melhor prorrogar”, esclarece Antônio Sampaio, diretor da SRP. Sobre a desconstrução da 60ª edição da exposição em 2020, Sampaio revela que “o isolamento social não está facilitando, mas estamos fazendo todo o trabalho na medida do possível. Desmontar uma exposição é uma tarefa gigantesca. Se para montar demora um ano, imagina desconstruir”, pontua o diretor da SRP. A exposição do ano passado ultrapassou a marca de 600 milhões de reais em movimentação econômica e mais de 460 mil pessoas prestigiaram o evento. “A Expolondrina movimenta grandes negócios, que agora não vão mais acontecer. Mais de oito mil empregos temporários deixaram de ser disponibilizados. A situação é muito triste, vai ser um rombo para a nossa região”, partilha Sampaio.

Este conteúdo é restrito a assinantes Revista Agrícola.
Se você é um assinante, faça o login.
Para fazer sua assinatura clique aqui.

Existing Users Log In
   

Talvez você goste

Leia Mais