Agro em Pauta Agronegócio Destaque Expedição Milho Safrinha Paraná

Em Sertaneja (PR), família Matsuoka destaca eficiência dos híbridos da KWS

A Expedição Milho Safrinha ‘Rally Campeões de Produtividade’ chegou à cidade de Sertaneja (PR), no Sítio São Marcos, para conversar com o filho do produtor Tetsuo Matsuoka, Márcio, acerca da propriedade inscrita no projeto. Além da equipe de reportagem da Revista Agrícola, o auditor da Geneslab, Deivid Guimarães, esteve presente para calcular os resultados que o agricultor destinou à vistoria.

Sucedendo o pai na fazenda e cultivando em uma de 10 alqueires, em Sertaneja, e 40 alqueires no total, Márcio Matsuoka optou pela semente K 9606 VIP3 da KWS. A escolha pelo híbrido se deu pela alta produtividade, baixa incidência de cigarrinha e por ter uma sanidade foliar “excepcional”. O produtor iniciou o plantio tardiamente, no dia 17 de março, por conta do atraso da soja, “estávamos esperando chuva também, mas não havia previsão para os 15 dias seguintes, então ficamos com medo de plantar, optei por não arriscar e acho que funcionou, pois a chuva veio depois e o milho não sofreu com estresse hídrico”, diz o produtor.

Esperando uma produtividade de 250 sc/alq, Matsuoka acredita que o resultado suprirá suas expectativas. “Até agora, está dentro da média esperada”, reitera.

No final do mês de setembro e começo de outubro, o produtor afirma que plantará soja, logo após o período de vazio sanitário.

You may also like

Leia Mais