Destaque Notícias São Paulo

Governo do Estado de São Paulo publica revogação dos decretos de aumento do ICMS

Foi publicado no Diário Oficial do Estado de São Paulo, na manhã desta sexta-feira (15), que o Governo do Estado de São Paulo manterá os benefícios fiscais para a produção de alimentos e de medicamentos genéricos. O Governador João Doria assinou o decreto de revogação das mudanças nas alíquotas de ICMS para o setor de hortifrutis, insumos agropecuários e energia elétrica para os produtores de São Paulo e medicamentos genéricos.
Segundo a nota divulgada no site oficial do Governo do Estado, essa medida protege a produção e comercialização de alimentos e de medicamentos que afetam principalmente a população mais carente, e também atende às solicitações da Frente Parlamentar da Agropecuária da Assembleia Legislativa e representantes de entidades setoriais da sociedade civil. Ainda é reforçado que a força-tarefa instituída pelo Governo do Estado tem mantido constante diálogo com os setores para analisar cada caso.
Com essa decisão, o Governo do Estado sofrerá uma redução de R$ 520 milhões anuais no ajuste fiscal de R$ 7 bilhões. “Por decisão do Governador João Doria, a cesta básica de alimentos e de remédios, além do arroz e do feijão, não tiveram alteração alguma nas alíquotas. O mesmo já estava estabelecido para as transações de medicamentos, equipamentos e insumos para a rede pública de saúde e Santas Casas”, explica a nota.
Mesmo com a revogação dos decretos que aumentavam o ICMS, o agronegócio paulista precisa derrubar a lei 17.293 para que o Governo do Estado não tente aumentar os impostos em outro momento. Além disso, foi mantido o aumento de ICMS sobre o diesel e o etanol, para 1,3%, o que continua afetando toda a economia do Estado. Por conta dessa situação, muitos sindicatos rurais e cooperativas já estão se mobilizando para realizar outra manifestação em breve.

You may also like

Leia Mais