Agronegócio Destaque Geral

Inovações em agricultura da BASF contribuem com a segurança alimentar, o clima e o meio ambiente

A BASF anuncia seu panorama de 10 anos para inovações agrícolas que reforçam a segurança alimentar para as gerações futuras e, ao mesmo tempo, minimizam o impacto da agricultura sobre o clima e o meio ambiente.
A empresa se concentra em melhorar os resultados nos principais cultivos, como soja, milho, algodão, arroz, trigo e canola, assim como frutas e vegetais. Segundo estimativas da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), estes cultivos representam mais de 50% das terras agrícolas do mundo. É por isso que as inovações aplicadas em tão grande escala têm o potencial de tornar a agricultura ainda mais produtiva e sustentável.
Para esses cultivos, a BASF continua inovando em seu desenvolvimento de sementes e traits, tratamento de sementes, soluções biológicas e químicas, assim como ferramentas de agricultura digital e lançará grandes projetos em todas as áreas até a próxima década. O valor do pipeline de inovação continua forte, com um potencial de vendas estimado em mais de 7,5 bilhões de euros.
A importância das soluções da BASF para a sociedade está crescendo, uma vez que a empresa incorpora constantemente critérios de sustentabilidade às suas pesquisas agrícolas. Em 2021, a BASF investiu aproximadamente 900 milhões de euros em pesquisa e desenvolvimento no segmento de Soluções para Agricultura, representando cerca de 11% das vendas do segmento. Em 2022, continuará investindo em pesquisa e desenvolvimento de inovações agrícolas de alto nível.
Ao mesmo tempo em que se concentra em sistemas produtivos estratégicos nas diferentes regiões agrícolas, a empresa adapta seus produtos, tecnologias e serviços para ajudar os agricultores a produzirem da melhor forma, mesmo em condições ambientais desafiadoras.
“A inovação na agricultura é essencial para permitir a produção sustentável de alimentos. Precisamos encontrar o equilíbrio certo para obtermos uma melhor produtividade que atenda às exigências das gerações futuras, tenha um impacto mínimo sobre o meio ambiente e ajude os agricultores a terem longevidade nos seus negócios”, disse Dr. Livio Tedeschi, presidente da Divisão de Soluções para Agricultura da BASF. “Nossas inovações permitem ao mesmo tempo uma agricultura mais produtiva e sustentável sendo estas as principais alavancas identificadas pelas Nações Unidas e incorporadas aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. Para nós essa é uma prioridade e nos comprometemos a promover a agricultura sustentável até 2030, com metas claras e mensuráveis”.
“Na última década, desenvolvemos um amplo portfólio que abrange todas as tecnologias necessárias para um futuro mais sustentável da agricultura”, disse Dr. Peter Eckes, presidente de R&D e Regulatório da Divisão de Soluções para Agricultura da BASF. “Como uma parceira de inovação conceituada e confiável, nossa pesquisa de soluções para agricultura reflete uma estratégia de longo prazo que oferece estabilidade aos agricultores em um mundo em mudança, além de permitir que aumentem sua produtividade e reduzam o impacto sobre os recursos naturais”.
Aplicação precisa e uso eficiente da terra com um pipeline de inovação de soja diversificado e sob medida para agricultores na América Latina

A BASF está desenvolvendo e conectando inovações em sementes, proteção de cultivos e soluções digitais, adaptadas às necessidades dos agricultores na América Latina. Nos próximos anos, a empresa oferecerá para os agricultores da região novos produtos à base de Revysol® e Xemium® que proporcionam um controle eficiente das doenças da soja, incluindo a ferrugem asiática, e ajudam no manejo de resistência. Além disso, os agricultores de soja se beneficiarão de um novo trait em desenvolvimento para tolerância a nematoides, pragas que geram até 30% de perda na colheita.
Para controlar plantas daninhas com precisão, a BASF, juntamente com a Bosch, desenvolveu a solução Smart Spraying que combina a inteligência agronômica do xarvio® com a tecnologia e o software de sensor de câmera da Bosch. A solução oferece identificação e controle automatizados em tempo real, em pré e pós-emergência de plantas daninhas.
O Smart Spraying reduz o risco de resistência de plantas daninhas utilizando formulações e taxas otimizadas de herbicidas especificamente desenvolvidas, garantindo que o produto seja aplicado apenas onde e quando necessário. Com a aplicação pontual, é possível reduzir o uso de herbicida em até 70%, dependendo das condições de campo prevalecentes e da pressão das plantas daninhas.
A solução está prevista para ser lançada no Brasil, na América do Norte e na Europa dentro dos próximos 18 meses. “Nosso compromisso é levar soluções digitais como estas a 400 milhões de hectares globalmente até 2030, e a América Latina será uma peça importante”, disse Sergi Vizoso, Vice-Presidente Sênior de Soluções para Agricultura da BASF para a América Latina.
“Para obter longevidade no agronegócio, precisamos dessa visão de longo prazo”. O agricultor e engenheiro agrônomo brasileiro Maurício De Bortoli acredita que o uso de inovações é essencial para o sucesso: “na verdade, estamos sempre acrescentando novas tecnologias no campo. Normalmente pesquisamos, medimos, quantificamos o que cada tecnologia acrescenta e todo ano adicionamos mais ferramentas para aumentar a produtividade. Portanto, estamos evoluindo ao longo dos anos”.
Mais inovações nos principais mercados agrícolas
O trigo híbrido Ideltis™ será lançado na segunda metade da década no mercado europeu. Contará com o apoio do xarvio® Digital Farming Solutions para otimizar as recomendações de plantio, por meio da análise de dados de campo específicos de cada zona e a aplicação precisa de inovações sustentáveis de proteção de cultivos, como o fungicida Revysol®, inseticida Axalion™ e o herbicida Luximo®. O Revysol® aumenta a produtividade, permitindo que o agricultor alcance a mesma produção com 4% menos de terra cultivada. Com inovações na formulação do Revysol® os agricultores vão utilizar menos fungicidas, reduzindo ainda mais a emissão de CO2.
Na América do Norte, a BASF oferece um portfólio ainda mais abrangente e inovador para o cultivo da canola. A empresa continua trabalhando no aprimoramento da sua solução InVigor®, além de desenvolver os híbridos de canola em semente amarela para serem cultivados em terras agrícolas historicamente menos produtivas do Canadá e EUA. Os híbridos de canola terão tolerância a herbicidas, sendo uma ferramenta para auxiliar o agricultor no controle de plantas daninhas. A BASF planeja trazer esta inovação para os agricultores nos próximos anos.
Na Ásia, para reduzir as emissões de gases de efeito estufa da rizicultura, a BASF oferece inovações alinhadas com as soluções já disponíveis no mercado. A empresa disponibilizará dois traits tolerantes a herbicidas que podem ser utilizados em sistemas híbridos de arroz de plantio direto como alternativa ao arroz em casca. Para a região Ásia-Pacífico, o Sistema de Arroz Clearfield® já está disponível, e o Sistema de Arroz Provisia® deverá ser lançado em meados da década.

You may also like

Leia Mais