Agro em Pauta Agronegócio Cobertura Especial Destaque Paraná São Paulo

Presidente da Belagrícola afirma que a empresa continua a todo vapor e 100% sólida

O Presidente da Belagrícola, Flávio Andreo, recebeu a reportagem da Revista Agrícola na manhã desta segunda-feira, 30, o encontro ocorreu na sede da empresa em Londrina.
A entrevista buscou esclarecer os ataques que a empresa sofreu através de uma fake news. Segundo Andreo, as informações espalhadas via redes sociais são sem fundamento, mas acabam dando trabalho para refutá-las.
O Presidente da Belagrícola afirmou que a empresa continua a todo vapor e 100% sólida, mesmo em meio a pandemia do COVID-19, “estamos vivendo um ótimo momento no agro, com um excelente resultado na safra que acabamos de colher e as expectativas para o Milho Safrinha são muito boas”, afirma Andreo.
A matéria completa estará disponível às 14h.

Confira abaixo  matéria completa:

No último dia 27 de março, a Belagrícola postou em suas redes oficiais uma nota de esclarecimento a respeito das fake news que estavam circulando nas mídias sobre o funcionamento e controle da empresa. A Revista Agrícola entrevistou hoje, 30 de março, o CEO da organização, Flávio Andreo, que esclareceu as dúvidas que as notícias levantaram.

Andreo explicou que foi realizada em 2017 a venda de 53,99% da empresa para a organização chinesa Dakang International Food & Agriculture (DKBA). “Mas foi vendida com uma condição muito clara: toda gestão é feita pela família tradicional que fundou a empresa e que continua administrando ela até desde sempre. Toda a gestão, decisões do dia-a-dia, financiamento dos produtores e pra quem a gente vende é decisão nossa aqui do Brasil”, pontua o CEO, que revela sua perplexidade com a disseminação dessas mensagens falsas. “Fica difícil entender a origem dessas notícias, elas não procedem. Como sabemos, temos certa angústia em relação ao vírus e a associação dele com a China. Acho que foram buscar uma notícia lá trás, criando uma conexão que não faz nenhum sentido. Isso acelerou o processo de disseminação dessas fake news”, conjectura Andreo.

A Belagrícola trabalhou junto ao Gaeco para identificar o início dessas fake news. “Não podíamos deixar que pessoas irresponsáveis criassem problemas reais para pessoas trabalhadoras. Fico chateado em nome dos agricultores que ficaram preocupados e perderam o sono com problemas que nem existem. Imagina você no campo, produzindo, trabalhando e colhendo em um momento como esse e ter que se preocupar se vai receber seu ganha pão pela entrega do seu grão, fruto do seu trabalho”, partilha o CEO, que aconselha: “Tenham muito cuidado com as fontes que propagam. Os autores dessas notícias já foram identificados e, por incrível que pareça, a maioria deles não são produtores rurais e nem moram nas nossas regiões de atuação. Então você vê que, na verdade, são pessoas mal intencionadas fazendo brincadeiras que acabam tomando proporções sem sentido”.

Andreo reforçou que a empresa e o setor agrícola estão funcionando a todo vapor para garantir uma safra excelente para o Brasil. “É uma preocupação que veio um pouco desconectada da realidade, por causa do que está acontecendo de fato. Um setor que não está tendo problemas é o agro. A geração de valor que está sendo feita com a soja, que temos no momento, está com preços recordes. O campo está sendo muito abençoado, diferente de outros setores da nossa economia que estão com problemas reais de falta de geração de caixa”, enfatiza o CEO da Belagrícola.

Segundo Flávio Andreo, a perspectiva para essa Safrinha de 2020 é muito boa. A forma de trabalho nas sedes e filiais mudaram por conta da pandemia, mas as entregas de produtos continuam normalmente. “Estamos, aliás, incentivando os produtores a acelerar a retirada dos produtos, para garantir tranquilidade e resolver com rapidez qualquer eventual problema que possa aparecer”, comenta o CEO.

A Belagrícola disponilizou um telefone celular para responder qualquer dúvida que os produtores, clientes e a população em geral possam ter: (43) 9 9655-3336. “As mensagens vem diretamente para mim e serão respondidas de forma transparente e com rapidez”, garante Flávio Andreo. O CEO ainda revelou que a empresa está trabalhando em uma campanha que vai ressaltar o que há de bom sendo desenvolvido nesse momento em que tantas coisas ruins estão sendo anunciadas. “Tem muita coisa boa acontecendo no agro e precisamos ajudar a sociedade a enxergar um pouco o lado positivo das coisas até que esse processo passe. A Belagrícola vai focar nisso, em amplificar noticias positivas para trazer conforto para a população, para que possamos superar essa fase o mais rápido possível”, conclui Andreo.

 

You may also like

Leia Mais