Destaque Paraná

Produtor de Sertaneja comemora sucesso da safrinha 2019

 

Em termos de pragas, Ludwig disse que o grande desafio foi com relação ao percevejo

Em muitas regiões a safrinha superou as expectativas e já pode ser classificada como um ‘safrão’. Este é o caso do produtor Dagoberto José Ludwig, do município de Sertaneja (PR).

Ele começou o plantio em fevereiro, que durou até o dia 10 de março, e agora iniciou a colheita. “Essa safrinha acabou virando um safrão pois plantamos cedo porque perdemos muita soja com o calor. Então a soja adiantou e acabou adiantando a safrinha também”, explica. “Como plantamos mais cedo, a tendência é produzirmos mais. Além disso, choveu bem. Apesar de ter ocorrido um período de seca no fim da lavoura, acredito que tenha se perdido muito pouco, porque, quando veio a seca, o clima já estava mais fresco e então a soja suportou mais a falta de chuva”. Mais detalhes na edição impressa

You may also like

Leia Mais