Notícias Rally da Soja 2017 São Paulo

Rally da Soja confere implantação de lavoura em Ribeirão do Sul

RENATA BALDO

O Rally da Soja esteve em Ribeirão do Sul no último dia 7 de novembro na propriedade do produtor rural e sócio-proprietário da Agrosul, Rodrigo Antônio dos Santos Silvestre, acompanhando a implantação da lavoura nesta Safra Verão. Neste ano agrícola, em uma área total de 330 alqueires, Rodrigo plantará 300 alqueires de soja, 10 alqueires de milho, e 17 alqueires de mandioca. No inverno este ano 130 alqueires foram ocupados pelo milho safrinha e 150 alqueires pela aveia branca para fins de rotação, permanecendo nua a área pós-milho verão.


Assista ao vídeo de RAgrícola TV com o produtor rural Rodrigo Antônio.

Inscreva-se em nosso canal no youtube e confira nossa matérias em vídeos.


Comparado a safra verão 2016/17, este ano Rodrigo aumentou a área de soja em 10 alqueires e reduziu a de milho em 20,5 alqueires, já que ainda não havia plantado mandioca. O produtor conta que no ano passado realizou um trabalho de correção de solo em 50% da sua propriedade, sendo que concluirá a correção do solo com taxa variável neste ano. Segundo ele, a agricultura de precisão tem garantido bons resultados sendo a sua média de produção de soja no ano passado de 162 sacas/alq.

Propriedade do produtor rural e sócio-proprietário da Agrosul, Rodrigo Antônio dos Santos Silvestre

“Tendo um solo fértil e não faltando água chegamos aos melhores resultados”,

lembra.

Rodrigo comenta que, independente de como anda do mercado de grãos, não reduz investimentos, mas, sim, procura realizar o melhor trabalho possível para obter alta produtividade.

“Não adianta desacelerar investimentos se a alta produtividade é o que ainda garante a rentabilidade do produtor dentro das possíveis estratégias de comercialização do seu produto”,

observa Rodrigo que não percebeu este ano grandes alterações nos preços dos insumos, apensar de entender que o custo de produção também depende das necessidades que se apresentarão ao longo do manejo da lavoura.

De acordo com o produtor é esperado um volume de chuva suficiente para uma safra cheia, porém o que preocupa é a distribuição do volume de água. Em anos anteriores as plantas de soja sofreram com o estresse de períodos de muita chuva e de estiagem prolongada. O plantio na propriedade de Rodrigo em Ribeirão do Sul começou no dia 13 de outubro e ainda restam 120 alqueires para serem plantados nos intervalos entre um dia e outro de chuva.

“Nosso plantio está um pouco atrasado em virtude do clima chuvoso, mas as áreas a serem semeadas com a safrinha no próximo inverno já estão plantadas”,

comenta Rodrigo que tem em sua propriedade vários tipos de solo, deixando para o final os mais arenosos.

Rodrigo trabalha com várias sementeiras e considera que um ano nunca é igual ao outro, por isso não repete apenas a variedade que se destacou no ano anterior, mas planta as que tenham vigor e estejam adequadas ao padrão de fertilidade do solo de que dispõe em cada parte da propriedade. Na medida do possível, as variedades eleitas são resistentes ao ataque de lagartas (tecnologia Intacta). O produtor também faz aplicações preventivas com bons fungicidas ao controle da ferrugem asiática e antracnose, por exemplo. Ele também tem investido no controle do campim-amargoso e entende como uma dificuldade o controle do percevejo, já que ainda são poucos os produtos disponíveis no mercado para este fim, sobretudo se deixar chegar alta infestação.

De um modo especial neste ano agrícola Rodrigo também vem investindo no controle do nematóide, além da rotação, com produtos biológicos que são novidade no mercado.

“Constatamos que o nematóide foi responsável na última safra por reduzir consideravelmente o potencial produtivo da nossa soja em algumas áreas em que precisamos, inclusive, trabalhar melhor a rotação e, por isso, buscamos o enfrentamento do problema este ano também por meio de produtos específicos”,

informa.

 

Patrocínio Ouro

O Rally da Soja teve início na segunda quinzena de setembro de 2017 e vai se estender até fevereiro de 2018. O Projeto tem o patrocínio da BASF e Sementes Elitt. O Rally percorrerá regiões do Estado de São Paulo e Paraná.

 

You may also like

Leia Mais