Cobertura Especial Destaque Notícias

Uso de sementes piratas causam prejuízo que superam os R$ 2 bilhões por safra

Especialistas exortam para a baixa produtividade destas sementes piratas e o risco de pragas e doenças que o produto sem certificado pode carregar

A Pirataria de sementes provoca a perda de R$ 2 Bilhões por safra, segundo dados da Associação Brasileira dos Produtores de Sementes ( Abrass).

Dos 33 milhões de hectares de soja no Brasil, 30% são plantados com sementes piratas, segundo a Abrass.
TendoA Pirataria de sementes provoca a perda de R$ 2 Bilhões por safra, segundo dados da Associação Brasileira dos Produtores de Sementes ( Abrass). Dos 33 milhões de hectares de soja no Brasil, 30% são plantados com sementes piratas, segundo a Abrass.

Tendo em vista esta triste realidade a Revista Agrícola lança uma série de matérias que visa conscientizar o produtor rural sobre esta prática, pois quem sai no prejuízo é o próprio agricultor, já que as multas podem chegar a 250% do valor apreendido.

A isca para atrair muitos produtores é o preço das sementes piratas, que costumam custar em média, entre 30% e 40% mais barato do que as certificadas, mas o preço atrativo pode esconder armadilhas.

Especialistas exortam para a baixa produtividade destas sementes piratas e o risco de pragas e doenças que o produto sem certificado pode carregar.

O mercado possui hoje empresas que oferecem produtos de alta qualidade.

A semente de soja para ser considerada de alta qualidade deve ter características fisiológicas e sanitárias, tais como altas taxas de vigor, de germinação e de sanidade, bem como garantia de purezas física e varietal, e não conter sementes de ervas daninhas. Fatores que afetam a qualidade da semente de soja.

Acompanhe nosso conteúdo e fique atualizado e bem informado.

 

 

 

 

You may also like

Leia Mais